Skip to content

Já ouviu falar sobre os 4P’s do Marketing?

Os 4 Ps do marketing são produto, preço, praça e promoção, e esse conceito representa os pilares essenciais de uma estratégia de marketing. Agora, vamos entender qual é a sua importância e conhecer mais sobre cada um dos elementos presentes na teoria!

Boa leitura!

Conheça os 4 Ps do Marketing

1. Produto
Ele representa o que a empresa disponibiliza ao consumidor, podendo ser um produto ou serviço.

Ou seja, é uma fase que tem como objetivo compreender as particularidades da oferta, buscando alguns diferenciais para se destacar dos concorrentes e conquistar mais clientes.

Além disso, existem algumas perguntas que facilitam esse processo, são elas:
– quais são as necessidades do público-alvo?
– o que deve ser feito para atingi-las?
– de que modo o produto pode ser um diferencial?
– qual é a aparência dele?
– quais são os detalhes técnicos da composição e da embalagem?
– qual é o ciclo de vida do produto?

Para esclarecer essas questões, é essencial compreender as características de seu público-alvo para entender quais elementos são interessantes aos consumidores.

Exemplo: a proposta de valor única que a sua empresa oferece.

2. Preço
Nesse caso, ele diz respeito ao valor de venda do seu produto: essa definição é muito importante para o sucesso do negócio, já que sua sobrevivência também está ligada a esse fator.

Acima  de tudo, o preço ajuda a determinar o rumo da organização, pois é a partir da obtenção de capital que ela vai:
– conseguir pagar os custos de produção;
– investir em aprimoramentos;
– lucrar.

A ideia é conseguir um preço que não deixe a margem de lucro baixa e inviabilize o negócio nem assuste os clientes e prejudique as vendas.

É preciso avaliar vários pontos para se chegar a um preço, como:
– formas de pagamento;
– custos envolvidos no processo;
– valores especiais para clientes fiéis;
– como o consumidor enxerga o produto.

Além disso, o preço influencia de forma direta a percepção que o público tem em relação à marca, sendo que as mais valiosas para os clientes são escolhidas, mesmo quando praticam preços mais altos.

Exemplo: um valor que se destaque na concorrência.

3. Praça
Esse P define o lugar em que o produto será vendido.

Dessa forma, ele é mais amplo que apenas um lugar, sendo responsável por toda a distribuição, ou seja, indicar de qual forma o produto vai chegar até o cliente.

Nesse ponto é preciso, por exemplo, definir se sua venda será em um local físico, se existirão lojas virtuais ou se ela será feita nos dois ambientes.

Além disso, alguns aspectos ajudam a definir esses pontos, como saber onde seu cliente está, em quais locais ele costuma procurar pelo seu tipo de produto, e quem são os concorrentes nesse setor.

Exemplo: lojas e restaurantes.

4. Promoção
Trata-se da maneira de divulgação do produto, portanto, devem ser definidas não só a parte de divulgações, como também a comunicação e linguagem que serão usadas nas campanhas, de modo a atingir o público-alvo.

É preciso avaliar como a concorrência trabalha a publicidade, periodicidade das divulgações e escolha dos melhores canais de divulgação.

Também é importante verificar a maneira que as mensagens serão passadas aos clientes.

Exemplo: propagandas e campanhas.

Como aplicar os 4 Ps do marketing na sua estratégia?
Agora que você já entendeu quais são os 4 Ps do marketing, é importante saber como aplicá-los na sua estratégia, certo?

Afinal, essas definições devem fazer parte do planejamento da empresa e ser consolidadas em um plano de Marketing.

Veja, a seguir, as principais etapas desse planejamento, desde a definição do público-alvo até a sua aplicação prática.

Defina seu público-alvo
Invista em pesquisas de mercado que investiguem os perfis e comportamentos dessas pessoas.

A partir das informações, você pode segmentar o mercado em grupos com características em comum, como:
– geográficas;
– psicográficas;
– demográficas;
– comportamentais.

Depois disso, você consegue definir com qual ou quais segmentos vai trabalhar.

Desenhe sua estratégia competitiva
– liderança em custo: visa reduzir custos de produção e distribuição, oferecer produtos de qualidade aceitável e praticar preços mais baixos para obter maior rentabilidade;
– diferenciação: o objetivo é atingir desempenho e qualidade superior em alguma área importante para o cliente, aumentar a percepção de valor e praticar preços mais altos por isso;
– foco: aborda segmentos menores de mercado, foca nas suas necessidades específicas e alcança liderança em custo ou diferenciação no mercado específico.

Vale ressaltar que as escolhas dos 4 Ps de Marketing devem ser condizentes com a estratégia traçada.

Por exemplo, se a empresa opta pela Liderança em Custo, deve manter a precificação baixa, de olho nos concorrentes.

Estabeleça o posicionamento de mercado
A definição do posicionamento de mercado deve ser pensada para o público-alvo, seguindo a estratégia competitiva.

A intenção é desenvolver a oferta da empresa com o objetivo de conquistar uma posição única e valorizada na mente do público.

O posicionamento de mercado pode ser definido por:
– atributo;
– usuário;
– benefício;
– concorrente;
– qualidade ou preço;
– categoria de produto;
– aplicação ou utilização.

Determine as estratégias do mix de marketing
Agora você já tem os pilares para definir as estratégias de Preço, Produto, Praça e Promoção que apresentamos antes, certo?

Elas devem ser focadas no público-alvo e alinhadas à estratégia competitiva e ao posicionamento.

Mas, por qual P você deve começar? A sugestão é iniciar pelo P de Produto, já que é em torno dele que todas as outras estratégias são pensadas.

Depois, o Preço deve ser condizente com a percepção de custo-benefício do Produto, a Promoção deve destacar os benefícios do Produto para o consumidor, e a Praça deve distribuir o Produto no mercado.

Crie um plano de marketing operacional
Não adianta planejar todas essas estratégias para deixá-las morrerem no papel.

Colocar as ideias em prática é fundamental, para isso crie um plano de Marketing Operacional, que defina:
– metas;
– prazos;
– responsáveis;
– etapas para consolidar cada estratégia.

Ainda não acabou, conheça mais 4 Ps do Marketing
Não é novidade que o Marketing Digital está em constante evolução, não é mesmo?

Por isso, além dos 4 Ps tradicionais, ainda existem mais quatro que podem ser úteis. Acompanhe!

1. Posicionamento
Aqui, estamos falando como um produto ou serviço é apresentado, discutido e destacado no mercado.

É comum notar questões como:
– como queremos que nossos clientes falem sobre nosso produto com seus amigos e colegas?
– quais são os benefícios do produto que chegam ao topo?
– quais recursos ou benefícios ocultos podem ser novas oportunidades interessantes para trazer à tona? O que é único ou notável ou estranho ou estranho ou divertido ou …? (e isso é uma oportunidade?)

2. Pessoas
São os indivíduos que ajudam a humanizar sua campanha, ou seja, essa categoria inclui os principais desenvolvedores ou personalidades dentro da empresa.
– quais pessoas são centrais para este produto que podem fornecer uma história interessante para o mercado?
– quem pode ser um possível porta-voz ou influenciador de nosso produto / serviço?
– que histórias ajudariam a servir os benefícios emocionais de nosso produto ou serviço?

3. Parcerias
Elas representam os outros públicos e empresas que desejam ajudá-lo a comercializar seu produto. Certamente, o marketing de parceiros é uma forma popular de lançar e promover produtos, mas esse P leva mais tempo para se concretizar.
– quais marcas, empresas ou pessoas-chave seriam uma parceria benéfica para o lançamento de nosso produto?
– que metas ou objetivos comuns podemos ter?
– que armadilhas potenciais queremos evitar?

4. Pacote/Embalagem
Nesse caso, estamos falando sobre como os produtos ou serviços aparecem no mercado. E existem certas questões para levar em consideração:
– qual é o primeiro contato ou experiência de nosso cliente com nosso produto pago?
– qual é a expectativa de embalagem para nossos clientes?
– existe uma maneira de se destacar com a aparência de nossa embalagem?
– existem iniciativas de embalagens especiais ou com limite de tempo que podemos tentar ganhar atenção?

Gostou de conhecer mais sobre esse tema? Então, aproveite para deixar um comentário em nosso artigo ou tirar alguma dúvida. Até mais!

Posts Relacionados

No comment yet, add your voice below!


Add a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

× Como posso te ajudar?